É necessário utilizar um navegador com suporte a javascript para poder navegar em algumas funcionalidades do portal.

MINISTÉRIO DA AGRICULTURA 

Enter your user name and password to login.
User Name
Password

Comissão de Ética > Definição de Ética

Afinal, o Que é Ética?

Afinal, o Que é Ética?

Ética é o nome geralmente dado ao ramo da filosofia dedicado aos assuntos morais. A palavra "ética" é derivada do grego ἠθικός, e significa aquilo que pertence ao ἦθος, ao caráter.  Diferencia-se da moral, pois, enquanto esta se fundamenta na obediência a normas, tabus, costumes ou mandamentos culturais, hierárquicos ou religiosos recebidos, a ética, ao contrário, busca fundamentar o bom modo de viver pelo pensamento humano. (Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre)

Definição de Ética (Escrito por Claus Haas em 12 de março de 2010)

 

Antes de qualquer coisa é preciso definir o que é ética. Este conceito, que é tão requisitado em nosso dia-a-dia para julgar as pessoas no meio em que estão inseridas, não é muito claro para a maioria. É comum o dizer de que alguém é ou não ético ao agir de determinada forma, mas poucas pessoas conseguem definir o que é ética. Há, portanto, uma grande confusão ao tentar dar sentido para tal definição, já que seu uso nem sempre é claro.
Um aspecto que deve ser levado em consideração nesta definição é que “a ética é um tipo de saber normativo, isto é, um saber que pretende orientar as ações dos seres humanos”. Sua definição deve levar isto em consideração, já que a ética sempre estará inserida no contexto da ação.
Outra classificação que deixa este conceito mais claro são as qualificações dos saberes, criadas pelos filósofos gregos: teóricos, que abrangem as ciências da natureza, como a física, a química, a biologia e etc.; poiéticos, que são saberes normativos voltados para um fim concreto objetivo, como a engenharia e a arquitetura; e práticos, que são saberes normativos para a vida em seu conjunto, ou seja, filosofia prática: ética, economia e política.
Estes dois pontos de vista mostram que a ética está intimamente ligada a ação. É o contexto do agir que poderá trazer a tona o que é ou não ético. Significa também que o relacionamento interpessoal, a relação e o relacionamento entre os seres, cria a base para a existência da ética.
No dicionário Aurélio encontra-se a seguinte definição para ética: estudo dos juízos de apreciação referentes à conduta humana suscetível de qualificação do ponto de vista do bem e do mal, seja relativamente a determinada sociedade, seja de modo absoluto. Esta definição é um bom exemplo da ambigüidade existente entre as diversas definições de tal conceito. Mais adiante será possível observar que, quando aplicado em determinado local ou tempo, estamos falando sobre moral, e não sobre ética.
Um fator muito importante quando se fala sobre ética é sua característica de ser universal e atemporal. Ela é igual para todas as pessoas, independentemente de sua raça, idade, sexo, credo, enfim, vale para todas as pessoas da mesma forma. Além disto, a ética não muda com o passar do tempo. Por maiores que sejam as mudanças pelas quais passa a humanidade com o passar das gerações, ética é sempre a mesma coisa. O que muda, de acordo com o tempo e o local, são os conceitos considerados ou não éticos, valores estes que ganham o nome de moral. Cada círculo social tem suas próprias definições sobre o que é ou não ético, enfim, sua moral.
Aqui vamos utilizar esta definição: conjunto de valores e preceitos que, se observados nas ações do indivíduo, irão alicerçar sua evolução. Dentre todos os filósofos que tentaram defini-la, há pelo menos um consenso, de que observar a ética nas ações é o que promove o crescimento pessoal. Aqui não se pretende estabelecer o que é certo ou errado em relação a isto, mas mostrar como a observância da ética cria base para a evolução.
 


Conteúdo Relacionado

Atendimento ao Agricultor 0800 704 1995

Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento
Esplanada dos Ministérios - Bloco D - Brasília/DF - CEP: 70.043-900 - Fone: (61)3218-2828