Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Valor Bruto da Produção estimado para 2018 é de R$ 515,9 bilhões

Notícias

Valor Bruto da Produção estimado para 2018 é de R$ 515,9 bilhões

VBP

Centro-Oeste mantém liderança no faturamento nacional. Algodão, mamona e trigo apresentam alta no faturamento neste ano. Soja vem crescendo há cinco anos seguidos
publicado: 13/03/2018 12h11 última modificação: 13/03/2018 12h11
Exibir carrossel de imagens Desempenho por segmentos da agropecuária

Desempenho por segmentos da agropecuária

As primeiras estimativas do valor da produção agropecuária (VBP) para este ano mostram valor de R$ 515,9 bilhões, 5,2% abaixo de 2017 (R$ 544,2 bilhões). O montante das lavouras é de R$ 346,1 bilhões, e o da pecuária, de R$ 169,8 bilhões. Ambos apresentam redução em relação ao ano passado, de 5,7% e de 4,1%, respectivamente, de acordo com dados levantados pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa).

Entre 17 produtos das lavouras, oito vêm apresentando aumento do faturamento neste ano. São eles, algodão, com aumento de 15,4%; batata-inglesa (8,1%), cacau (8%), café (3,6%), mamona (68,7%), soja (0,8%), tomate (35,1%) e trigo (48,9%). De acordo com o coordenador-geral de Estudos e Análises da Secretaria de Política Agrícola, José Garcia Gasques, “esse grupo vem se beneficiando de preços mais elevados do que no ano passado, e simultaneamente de aumentos de produção. É o caso da soja, produto que, nos últimos cinco anos, tem apresentado valor da produção ascendente. Além disso, lidera a produção com R$ 120,4 bilhões, representando 34,7% do valor das lavouras. Os demais mostram descontinuidade na trajetória do valor”.

No grupo que tem apresentado menores valores na comparação com 2017, as maiores baixas ocorreram no arroz (-7,9%), cana-de-açúcar (-11,9%), feijão (-26,4%), laranja (-21,5%) milho (-12,2%) e uva (-30%). Milho, cana-de-açúcar e laranja têm participação expressiva no valor total, por isso, seus resultados têm forte impacto no faturamento da agricultura como um todo, explicou o coordenador geral de Estudos e Análises.

O valor da produção da pecuária, caiu 4,1% em relação a 2017, afetado pelo desempenho desfavorável da carne de frango, carne suína, leite e ovos. Na avaliação de Gasques, “todos esses produtos apresentam neste ano preços menores do que em 2017. A carne de frango tem apresentado queda continuada dos preços nos dois últimos anos. A pecuária bovina, praticamente mantém o mesmo resultado em relação ao ano passado, R$ 70,6 bilhões e lidera o faturamento da pecuária.

Os resultados regionais mostram que continua a liderança do Centro Oeste, seguida do Sul, Sudeste, Nordeste e Norte. Como foi observado no relatório anterior, é a primeira que vez que isso acontece, pois o Sul mantinha-se como líder até o ano passado. Entre os estados, Mato Grosso ocupa a primeira posição no valor da produção, até então ocupada por São Paulo.

Veja os números do VBP nacional e regional.
Confira o endereço do VBP no portal do Mapa:

 

Mais informações à imprensa:
Coordenação-geral de comunicação social
imprensa@agricultura.gov.br