Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Tereza Cristina vai a Sergipe e Alagoas em sua segunda viagem ao NE pelo Mapa

Notícias

Tereza Cristina vai a Sergipe e Alagoas em sua segunda viagem ao NE pelo Mapa

Região Nordeste

Objetivo é identificar políticas que estimulem a produção agropecuária na região
publicado: 27/03/2019 21h24 última modificação: 28/03/2019 12h18
Ministra Tereza Cristina em sua última viagem ao Nordeste, durante visita a uma plantação orgânica de acerola

Ministra Tereza Cristina em sua última viagem ao Nordeste, durante visita a uma plantação orgânica de acerola

A ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Tereza Cristina, viaja nesta quinta-feira (28) ao Nordeste, pela segunda vez desde que assumiu o cargo, para conhecer experiências locais de produção, agora, em municípios do Sergipe e de Alagoas. O objetivo é identificar onde é preciso dar apoio a iniciativas da agricultura familiar e implantar a regularização fundiária para que produtores acessem o crédito rural.

Uma das prioridades da ministra na região é incentivar a formação de novas cooperativas, contribuir para ampliar as já existentes, e facilitar o acesso à irrigação. Em fevereiro, Tereza Cristina fez visitas técnicas ao interior do Piauí, do Rio Grande do Norte, do Ceará e da Paraíba. E está agendada para breve outra viagem aos demais estados do Nordeste, Bahia, Pernambuco e Maranhão.

Nesta quinta, irá a Lagarto (SE),na feira do agronegócio, ExpoRingo. E fará a abertura do I Fórum do Agronegócio e Políticas Públicas. A feira é realizada pelo Haras Fábio José, que possui o maior banco genético da raça de cavalos quarto de milha do país. O município é o maior do interior do estado, com população estimada em 103 mil habitantes, o terceiro mais populoso de Sergipe, localizado a 75 km da capital. Situado na região agreste do estado, Lagarto tem reservas de argila, calcário, mármore, enxofre e pedras de revestimento. Mas as atividades econômicas que se destacam são o cultivo de tabaco e plantas cítricas, além da criação de rebanhos bovinos, equinos, ovinos e suínos, além da avicultura.

Na manhã de sexta-feira, vai conhecer o Projeto Jacaré Curituba, considerado o maior assentamento da América Latina, com cerca de 5 mil moradores, localizado no Alto Sertão de Sergipe, entre os municípios de Canindé de São Francisco e Poço Redondo. O projeto que conta com sistema de irrigação produz uma diversidade de culturas, como coentro, cebola, acerola, goiaba, banana e abacaxi.

Em seguida, realizará visita à Cooperativa de Agricultura Familiar do Projeto Coofrucal, fundada em 1999 por produtores atendidos pela irrigação pública fornecida pelo governo do estado. Depois de passar por um período de inatividade, há cerca de dois anos, as atividades foram retomadas, com a produção de bolos, pão de mel e o próprio mel.

Outra visita na região inclui a primeira experiência das Unidades de Recuperação de Áreas Degradadas (Urads), realizada em parceria dos governos federal, estadual e o PNUD (Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento) em áreas de assentamentos. São desenvolvidas técnicas de combate à desertificação, de recuperação de nascentes e construção de barragens para evitar erosões.

Situado no extremo noroeste do estado de Sergipe, Canindé do São Francisco dista 213km da capital e serve de portal de entrada para passeios turísticos nos cânions do rio São Francisco. Além da receita do turismo, a economia local gira em torno da produção agrícola (milho, tomate, feijão e algodão), pecuária (bovinos, caprinos e ovinos) e avicultura.

Ainda na sexta-feira, Tereza Cristina, embarca para Alagoas, e em Coruripe, irá à Cooperativa Pindorama. Considerada uma das maiores referências em agricultura familiar do país, a cooperativa se destaca pela produção de alimentos, exploração pecuária bovina leiteira e de corte. Os associados exploram diversas culturas, com ênfase na produção de cana-de-açúcar e fruticultura.

A população de Coruripe de mais de 56 mil habitantes vive, principalmente, do cultivo da cana-de-açúcar, coleta de coco, e da pesca, tendo, ainda, outras formas de subsistência como a cultura de maracujá, mamão, abacaxi, feijão, o artesanato, o comércio e o turismo.

A ministra viaja acompanhada do secretário especial de Assuntos Fundiários do mapa, Nabhan Garcia, e do presidente da Embrapa, Sebastião Barbosa.


Serviço:
Viagem ao Nordeste
Data: 27 de março – quinta-feira
I Fórum do Agronegócio e Políticas Públicas
Local: Exporingo 2019- fazenda Bomfim – Povoado Brejo – Lagarto (Sergipe)
Horário: 15h30
Coletiva de Imprensa
Horário: 16h30
Abertura Exporingo
Horário: 17 horas

Data: 28 de março – sexta-feira
Visita ao Projeto Jacré Curituba
Local: Canindé de São Francisco (SE)
Horário: 8h30
Visita à Cooperativa Coofrucal
Horário: 9h30
Visita a Unidades de Recuperação de Áreas Degradadas
Horário: 10h30

Visita à Cooperativa Pindorama
Local: Colônia Pindorama – Coruripe (Alagoas)
Horário: 16h15

 


Mais informações à Imprensa
Coordenação-geral de Comunicação Social
imprensa@agricultura.gov.br