Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Seminário reúne especialistas para debater conservação do solo

Notícias

Seminário reúne especialistas para debater conservação do solo

Sustentabilidade

Evento ocorrerá dia 12 deste mês, no auditório da CNA, em Brasília
publicado: 04/04/2017 10h49 última modificação: 05/04/2017 16h10

A conservação do solo e os desafios para a produção sustentável serão debatidos durante seminário no próximo dia 12, das 9h às 12h50, no auditório da Confederação Nacional da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), em Brasília O evento visa aprofundar as discussões sobre o tema, a fim de contribuir para a formulação de políticas públicas, e reunirá especialistas da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), da Universidade de Brasília (UnB), da Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG) e do setor privado.

Promovido pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), em parceria com a Federação Brasileira de Plantio Direto e Irrigação e o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural do Distrito Federal (Senar/DF), o seminário faz parte das atividades do Dia Nacional da Conversação do Solo, comemorado em 15 de abril.  O evento é aberto ao público e as inscrições devem ser feitas no site  do Mapa ou entre 8h e 9h do dia 12, no auditório da CNA.

Segundo o chefe da Divisão de Agricultura Conservacionista do Mapa, Maurício Carvalho de Oliveira, a discussão sobre a conservação do solo é essencial para o Brasil não só por sua importância para a agricultura no presente e no futuro, como também por seu papel na segurança alimentar nacional e mundial: “Temos que estabelecer uma política capaz de assegurar o desenvolvimento do setor agrícola e o equilíbrio ambiental, atendendo às necessidades das populações atuais, sem comprometer as gerações futuras.”

O planejamento do uso e conservação dos recursos naturais, principalmente do solo, da água e da biodiversidade, são fundamentais para o país alavancar o desenvolvimento sustentável, destaca Carvalho. “O uso e o manejo inadequados provocam sérios impactos ao meio ambiente, com reflexos negativos na produtividade das culturas e na qualidade de vida das populações. Por isso, o planejamento de uso das terras é essencial à sustentabilidade dos processos produtivos agropecuários e à manutenção da integridade dos ecossistemas.”

O chefe da Divisão de Agricultura Conservacionista do Mapa ressalta ainda a importância de os setores público e privado chegarem a um consenso para estabelecer e implementar políticas e instrumentos que garantam a sustentabilidade e a renda do produtor rural. Nas últimas décadas, acrescenta, o Brasil teve relevantes avanços em produtividade e no manejo sustentável da terra, com o aumento do plantio direto, da segurança dos alimentos e do recolhimento de embalagens vazias de agrotóxicos, o que demonstra o comprometimento do agricultor com a sociedade e a preservação ambiental.

Para Carvalho, é crucial que o Brasil continue ampliando o uso de tecnologias como o plantio direto, a integração lavoura-pecuária-floresta e a recuperação de pastagens degradadas, todas previstas no Plano ABC (Agricultura de Baixa Emissão de Carbono), para reforçar a conservação do solo, da água e dos recursos naturais.

Saiba mais:

Seminário Comemorativo ao Dia Nacional da Conservação de Solo

 Data: 12 de abril 2017 (quarta-feira)
Local: Auditório da Confederação Nacional da Agricultura e Pecuária do Brasil – CNA
SGAN Quadra 601, módulo K, Ed. Antonio Ernesto de Salvo

 Programação:

8h00 – 9h00                       Inscrição e café da manhã
9h00 – 9h30       Abertura – Secretário da SMC
9h30 – 10h00     A conservação do solo e seus impactos econômicos e ambientais para a sociedade e para o produtor rural – Eiyti Kato – Professor UnB
10h00 – 10h40        Tráfego controlado em fazendas: estratégia para o controle da compactação do solo e seus impactos positivos na produtividade agrícola – Kleberson Worslley de Souza – Pesquisador – Embrapa CPAC
10h40 – 11h00      Intervalo para café
11h00 – 11h40      Conservação do solo e da água e o manejo de plantas de cobertura: a experiência do Grupo Zancanaro – Milton Cesar Zancanaro – Engenheiro Agrônomo – Empresário  
11h40 – 12h20     Manejo da matéria orgânica e sua relevância para a conservação do solo e da água e para a sustentabilidade da agropecuária nas regiões tropicais – João Carlos de Moraes Sá (Juca Sá) – Professor - UEPG
12h20 – 12h50       O papel do sistema plantio direto na conservação do solo e da água: avanços e gargalos – Alfonso Sleutjes – Presidente da Federação Brasileira de Plantio Direto e Irrigação
12h50 –          Brunch

Mais informações à imprensa:
Coordenação-geral de Comunicação Social
imprensa@agricultura.gov.br