Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Pepro para trigo gaúcho é 100% negociado

Notícias

Pepro para trigo gaúcho é 100% negociado

Política agrícola

Conab ofertou Prêmio Equalizador Pago ao Produtor Rural para 100 mil toneladas do produto
publicado: 18/01/2017 17h43 última modificação: 30/01/2017 14h09

Foi cem por cento negociado o escoamento de 100 mil toneladas de trigo do Rio Grande do Sul, ofertado pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) nesta quarta-feira (18), por meio de leilão de Prêmio Equalizador Pago ao Produtor Rural (Pepro). 

O Pepro foi ofertado também nos estados de Paraná e Santa Catarina. No PR, o arremate do prêmio saiu para 11,8 mil das 30 mil toneladas de trigo ofertadas, enquanto que em SC foi oferecido o escoamento de 7,5 mil toneladas do produto e negociado 1,1 mil t.

Já o leilão do Prêmio para Escoamento de Produto (PEP) ofertou 52,5 mil toneladas do trigo da classe Pão/Melhorador para os três estados. No RS, foram negociadas 29,6 mil das 30 mil ofertadas. No Paraná, foram arrematadas 12 mil t das 15 mil t disponíveis. Em Santa Catarina, foram ofertadas 7,5 mil t, mas não houve interessados.

As operações tiveram início em dezembro, por demanda dos produtores de trigo da Região Sul. Este ano já foram realizados dois leilões de Pepro e dois de PEP e novas ofertas estão previstas para as próximas semanas.

No Pepro, a subvenção refere-se ao valor que o governo federal paga ao arrematante (produtor rural ou sua cooperativa), desde que ele comprove a venda e o escoamento do produto de acordo com o que está determinado em edital. Já no PEP, a subvenção é concedida às indústrias que adquirirem o trigo pelo preço mínimo fixado pelo governo federal. Para receber o prêmio, também é preciso comprovar o escoamento do grão conforme estabelecido no edital.
 
Mais informações à imprensa:
Gerência de Imprensa
(61) 3312-6338/ 6344/ 6393/ 2256
imprensa@conab.gov.br 
 

registrado em: , , , , , , ,