Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Maggi vai aos EUA para discutir reabertura do mercado de carnes

Notícias

Maggi vai aos EUA para discutir reabertura do mercado de carnes

Internacional

Defesa da sanidade de produtos brasileiros também foi tema em Genebra, onde se fortalece candidatura brasileira ao Codex Alimentarius
publicado: 12/07/2017 18h29 última modificação: 12/07/2017 18h57
Exibir carrossel de imagens Reunião do ministro com secretário norte-americano será na segunda-feira (17)

Reunião do ministro com secretário norte-americano será na segunda-feira (17)

Durante encontro, em Genebra, com o embaixador encarregado de Negócios dos Estados Unidos, Theodore Allegra, o secretário-executivo do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Eumar Novacki, confirmou audiência do ministro Blairo Maggi com secretário de Agricultura do governo norte-americano, Sonny Perdue. A reunião está prevista para a próxima segunda-feira (17), em Washington, quando será discutida a retomada de exportações de carne para os EUA.

Novacki se encontra na Suíça para participar de reunião do Codex Alimentarius, apoiar a candidatura brasileira à presidência da entidade e realizar reuniões bilaterais com parceiros comerciais, defendendo a sanidade de produtos brasileiros. O secretário acredita que providências tomadas pelo Mapa e explicações técnicas de missão já enviada aos EUA servirão para reabrir o mercado norte-americano a exportadores de carne do país.

No encontro com Allegra, Novacki detalhou as providências adotadas pelo ministério em relação a reações à vacina contra aftosa detectadas pela área de defesa sanitária norte-americana. Uma das medidas foi a determinação a frigoríficos que carnes in natura de cortes dianteiros (local de aplicação da vacina) sigam apenas na forma de recortes, cubos, iscas ou tiras, a fim de identificar facilmente eventuais problemas.

O secretário destacou a recente revisão do Regulamento Sanitário brasileiro (RIISPOA), que atualizou normas seguidas por funcionários e por empresas, “mitigando em muito riscos de corrupção”, e o Programa de Compliance do ministério, com foco na ética, que deverá ser concluído até janeiro do próximo ano.

Novacki pediu apoio à candidatura brasileira ao Codex e ouviu do representante dos EUA que ele reconhece o trabalho de Guilherme Costa, coordenador de Assuntos Multilaterais da Secretaria de Relações Internacionais do Mapa, indicado para o cargo e, atualmente, vice-presidente da entidade. Vinculada à FAO (Organização das Nações Unidas para a Agricultura e a Alimentacão), O Codex trata dos padrões, diretrizes e recomendações para a segurança, qualidade e comércio leal de alimentos entre os 188 países membros.

Eumar Novacki esteve também na representações da Etiópia e compareceu a evento na sede da Organização Mundial do Comércio (OMC), no lançamento em conjunto com a FAO do relatório Revisão Global de Ajuda para o Comércio 2017 (Global Review for Aid for Trade 2017) .

À noite, Novacki participa de evento na residência oficial brasileira, que reunirá representantes de países membros do Codex.

Mais informações à imprensa:
Coordenação-geral de Comunicação Social
imprensa@agricultura.gov.br