Página Inicial
Tereza Cristina e o secretário-geral da Liga dos Estados Árabes, Ahmed Aboul Gheit