Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Ministério esclarece que não houve corte de verbas do Pronaf

Notícias

Ministério esclarece que não houve corte de verbas do Pronaf

Agricultura familiar

Todos os recursos disponíveis para investimentos no Ano Agrícola 2018/2019 foram aplicados, informa Secretaria de Política Agrícola
publicado: 06/05/2019 16h19 última modificação: 06/05/2019 17h11

As operações de investimento, no âmbito do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf), no período de julho de 2018 a abril de 2019, cresceram 42,95% no número de contratos e 30,75% no valor contratado, quando comparadas com igual período da safra anterior. 

O destaque foi para o Pronaf Mais Alimentos, que obteve crescimento de 13,69% no número de contratos e de 22,94% no valor contratado, e para o Pronaf Microcrédito, cujo crescimento foi de 68,78 % no número de contratos e de 81,82 % no valor contratado.

O crescimento bem acima das expectativas fez com que todos os recursos equalizados para o Pronaf, com os quais o governo se comprometeu no Plano Safra 2018/19 fossem aplicados antes do término do Ano Agrícola 2018/2019, que será encerrado no dia 30 de junho próximo. Não houve corte nem contingenciamento de recursos por parte do governo.

O mesmo ocorreu com todos os programas de investimento, não apenas com o Pronaf: os recursos se exauriram antes do final do Ano Agrícola. Para o ministério, isso significa que as condições de financiamento foram bastante satisfatórias e que o setor rural está se sentindo motivado para fazer investimentos de longo prazo.

A Secretaria de Política Agrícola do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento está trabalhando juntamente com o Ministério da Economia e o Banco Central na elaboração do novo Plano Agrícola e Pecuário 2019/2020, que disponibilizará novos recursos a partir de 1º de julho de 2019. A ministra Tereza Cristina já informou que os valores e as taxas de juros a serem praticadas no próximo Plano Safra serão divulgadas no dia 12 de junho.

Mais informações à imprensa:
Coordenação-geral de Comunicação Social
imprensa@agricultura.gov.br