Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Mapa debate políticas públicas para pesca artesanal nas bacias Amazônica e Tocantins-Araguaia

Notícias

Mapa debate políticas públicas para pesca artesanal nas bacias Amazônica e Tocantins-Araguaia

Objetivo é reunir informações para elaborar projeto que contemple necessidades da Região Norte

Desenvolvimento sustentável
publicado: 29/08/2016 09h41 última modificação: 09/12/2016 11h02
Exibir carrossel de imagens Noaldo Santos/Mapa Sami Moura (C): encontro deve servir para formatar projeto

Sami Moura (C): encontro deve servir para formatar projeto

O governo federal retomou a discussão com a sociedade civil organizada sobre políticas públicas voltadas ao desenvolvimento socioeconômico e sustentável da pesca nas Bacias Hidrográficas Amazônica e Tocantins-Araguaia.

O debate reuniu representantes da Secretaria de Aquicultura e Pesca do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), do Ministério do Meio Ambiente, de outros órgãos federais, estaduais e municipais e da cadeia produtiva da pesca artesanal.

O tema foi analisado durante a 2ª Reunião Ordinária do Comitê Permanente de Gestão e do Uso Sustentável dos Recursos Pesqueiros das Bacias Hidrográficas Amazônica e Tocantins-Araguaia (CPG Norte), realizada na quinta (25) e sexta-feira (26) da semana passada.

A discussão envolveu temas relacionados às questões ambientais, sociais e econômica da cadeia produtiva da pesca artesanal da Região Norte.

O diretor do Departamento de Planejamento e Ordenamento da Pesca da Secretaria de Aquicultura e Pesca, Sami Pinheiro de Moura, considerou positivo o resultado da reunião. “Trouxemos entidades públicas e da classe pesqueira para juntarmos informações e elaborarmos um projeto com ações mais coerentes com a realidade da pesca artesanal.”  

 


Mais informações à imprensa:

Assessoria de comunicação social
imprensa@agricultura.gov.br