Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Mapa abre consulta pública sobre Análise de Risco de Importação de camarões

Notícias

Mapa abre consulta pública sobre Análise de Risco de Importação de camarões

Defesa Agropecuária

O objetivo é estimar os riscos de introdução e disseminação de doenças de camarão no território nacional a partir da importação de camarões limpos destinados ao consumo humano
publicado: 02/12/2019 14h21 última modificação: 03/12/2019 15h06

A Secretaria de Defesa Agropecuária do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) abre, nesta segunda-feira (2), consulta pública por 60 dias sobre a minuta do texto da Análise de Risco de Importação de camarões não viáveis (limpos, eviscerados, sem casca e sem cabeça) destinados ao consumo humano. As considerações e sugestões, tecnicamente fundamentadas por meio de artigos científicos, teses ou dissertações científicas, podem ser encaminhadas para o endereço eletrônico cgri.dsn@agricultura.gov.br com o assunto “ARI camarões”.

O objetivo é estimar os riscos de introdução e disseminação de doenças de camarão no território nacional a partir da importação de camarões limpos destinados ao consumo humano. A análise possui caráter genérico, ou seja, as conclusões se aplicam ao produto originado de qualquer país exportador.

Foram analisados 44 agentes patogênicos apontados como perigos potenciais para a carcinicultura nacional. Seis foram retidos para a avaliação de risco e os outros 38 não foram considerados perigos, tendo em vista já terem sido reportados no Brasil, ou porque não foram encontradas evidências científicas que permitissem enquadrar o agente patogênico como um perigo.

Acesse aqui a Análise de Risco de Importação. 

*Texto atualizado dia 3/12 às 15h

Informações à imprensa
imprensa@agricultura.gov.br