Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Governo quer reverter decisão que suspendeu pesca industrial de tainha, diz secretário

Notícias

Governo quer reverter decisão que suspendeu pesca industrial de tainha, diz secretário

Para Jorge Seif, medida prejudica pessoas que vivem da pesca
publicado: 04/06/2019 17h49 última modificação: 05/06/2019 16h08

O secretário de Aquicultura e Pesca do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Jorge Seif, disse hoje (4) que o governo quer reverter a decisão judicial que suspendeu a pesca industrial da tainha para algumas embarcações. A Advocacia-Geral da União já apresentou recurso da decisão.

“Essas medidas que têm sido judicializadas contra a nossa atividade, além de prejudicar as pessoas que vivem da pesca, não têm base, não tem pesquisa. O mundo inteiro pesca tainha sem nenhuma regulamentação. Agora vamos esperar que a justiça julgue e libere nossos pescadores e armadores para poderem trabalhar em paz”, criticou Seif.

No último sábado (1º), o Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4) ) deferiu parcialmente o recurso de agravo interposto pelo Ministério Público Federal, suspendendo a safra da pesca industrial da tainha para as embarcações autorizadas pela Portaria nº 2.499/2019 que se encontrem com o Cadastro Técnico Federal do titular cancelado, para aquelas cujos titulares não possuam registro no CTF e para aquelas que apresentem inconsistências em seus registros no SisTainha/Mapa.

O secretário orienta que as embarcações que foram notificadas devem observar a decisão judicial. “Temos que obedecer a justiça, mas estamos lutando pelo setor.  Somos um país de produção de alimentos e não podemos ficar calados diante desses absurdos”, disse Seif. 

Clique aqui para ouvir a matéria da Rádio Mapa

Mais informações à imprensa:
Coordenação-geral de Comunicação Social
imprensa@agricultura.gov.br