Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Fila de caminhões no Pará está sendo zerada

Notícias

Fila de caminhões no Pará está sendo zerada

Escoamento

Governo Federal adotou medidas emergenciais para dar trafegabilidade imediata à BR-163
publicado: 02/03/2017 19h22 última modificação: 06/03/2017 10h26
Ministro Blairo Maggi participa de reunião no Ministerio dos Transportes

Ministro Blairo Maggi participa de reunião no Ministerio dos Transportes

Depois de reunião no Ministério dos Transportes para tratar de problemas na rodovia BR-163, o governo anunciou que até esta sexta-feira (03) deverá ser zerada a fila de caminhões que se formou em trecho do Pará por causa das intensas chuvas na região. Os ministros Blairo Maggi (Agricultura, Pecuária e Abastecimento) e Maurício Quintella (Transportes, Portos e Aviação Civil) decidiram adotar medidas de curtíssimo prazo para manter a rodovia trafegável até o fim da safra de grãos. E foi criado Grupo de Trabalho composto por representantes do Governo Federal e empresários do setor além de Comitê Gestor para atuar no local danificado.

O Diretor Geral do DNIT, Valter Cassimiro, informou que “o trecho da BR-163 onde há pontos críticos devido à combinação de chuvas com tráfego intenso será pavimentado neste ano”. Ele disse que a meta é asfaltar 60 quilômetros, em 2017. No ano que vem, serão asfaltados mais 40.

Até a conclusão das obras, serão adotadas medidas emergenciais, como o controle de tráfego com o “pare” e “siga”, trabalho de drenagem para escoar água da estrada, dando passagem aos veículos da via, especialmente de caminhões com cargas mais pesadas.

O ministro Blairo Maggi disse, após reunião, que teve a participação de produtores rurais, que a ação do governo deverá evitar que a situação se repita. As Forças Armadas estão distribuindo 3 mil cestas básicas e 9 mil galões de cinco litros de água para camioneiros e familiares que estavam sitiados na região entre as comunidades de Santa Luzia e Bela Vista do Caracol.

O Comitê Gestor será composto por representantes da Casa Civil, Ministério da Agricultura, DNIT, PRF, Exército, Defesa Civil e empresas do setor. Desde o início da semana, o DNIT já vem trabalhando em conjunto com o Exército e a Polícia Rodoviária Federal em uma força-tarefa para dar trafegabilidade aos pontos de retenção na BR-163/PA e BR-230/PA.

Mais informações à imprensa:
Coordenação-geral de Comunicação Social
imprensa@agricultura.gov.br