Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Encontro preparou texto para reunião de ministros da Agricultura do Brics

Notícias

Encontro preparou texto para reunião de ministros da Agricultura do Brics

Bloco Econômico

Temas agrícolas relevantes para o Brasil foram tratados no encontro dos cinco países
publicado: 18/07/2019 18h50 última modificação: 19/07/2019 14h54

“A reunião foi muito bem sucedida, conseguimos fechar o texto da declaração, e o encontro transcorreu em clima de conciliação”. A avaliação é do secretário de Comércio e Relações Internacionais do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (SCRI/Mapa), embaixador Orlando Leite Ribeiro, após dois dias reunido com representantes de delegações do Brics, grupo de países integrado pelo Brasil, Índia, China, Rússia e África do Sul.

“O texto da declaração, que trata de diversos temas do nosso interesse”, explica o secretário, “inclui a inovação, o princípio científico - que é a oposição do princípio da precaução. São vários assuntos que conseguimos colocar no texto e conciliar com os demais países. Nós conseguimos fechar um documento prévio que agrada a todos os membros do grupo”. A proposta de texto contém 27 parágrafos e será discutida na 9ª reunião de Ministros de Agricultura do Brics, que será realizada em Bonito (MS), em setembro, com o tema ”Promoção da Inovação e Ações para o Desenvolvimento de Novas Soluções para Sistemas de Produção de Alimentos”.

“A minha expectativa é que o encontro em setembro sirva para que dedique um pouco mais de tempo a questões bilaterais”. Ele explicou que os países reunidos têm realidades muito heterogêneas, mas que dá um caminho para maior aproximação entre esses países na área da agricultura e termos uma agenda comum. “Lembrando que temos nações que são exportadoras de alimentos, como é o caso do Brasil. Temos países importadores de alimentos, caso da África do Sul, e temos países que são os dois como é o caso da China, um dos maiores exportadores e também um dos maiores importadores de alimentos”.

“Todos os produtos tratados são extremamente relevantes: o acesso dos lácteos brasileiros à Rússia, questões envolvendo frutas para Índia. No caso da China, é uma agenda enorme que vai de frutas a proteínas animais e, com a África do Sul, temos a questão das carnes de aves”, exemplificou o secretário.

Após a discussão do texto, os representantes mantiveram encontros bilaterais. Estiveram presentes ao encontro, o diretor do Serviço Veterinário da China, LI Jinxiang; o secretário do Ministério da Agricultura da Índia, Shri Sanjay Agarwal; o embaixador da África, JN Mashimbye; e o diretor adjunto do Ministério da Agricultura da Rússia, Ilia Geraschenko.

Reunião foi  realizada durante dois dias na sede do Mapa                                                                               Foto: Carlos Silva

Mais informações à Imprensa:
Coordenação-geral de Comunicação Social
Inez De Podestà
imprensa@agricultura.gov.br