Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Conselho Monetário Nacional prorroga pagamento de empréstimo para produtores de arroz

Notícias

Conselho Monetário Nacional prorroga pagamento de empréstimo para produtores de arroz

CMN

Medida vai permitir que produtores dividam pagamento das parcelas de julho e agosto deste ano em três vezes
publicado: 14/08/2019 15h04 última modificação: 14/08/2019 20h09

O Conselho Monetário Nacional (CMN) autorizou as instituições financeiras a prorrogar o pagamento das parcelas de financiamentos para produtores de arroz. A medida vale para as parcelas de julho e agosto de 2019, contratadas para a safra 2018/2019. Com isso, os produtores terão mais prazo para comercializar, em melhores condições, o arroz colhido no período.

Pelas redes sociais, a ministra Tereza Cristina (Agricultura, Pecuária e Abastecimento) comemorou a decisão para o setor, que enfrenta problemas provocados pelo excesso de chuvas no Sul do país, que comprometeu parte da safra. Em fevereiro, a ministra reuniu-se com produtores, que se queixaram de alto endividamento junto aos bancos. 

A medida foi aprovada em reunião extraordinária do CMN, realizada nesta quarta-feira (14). O pagamento poderá ser dividido em até três parcelas mensais e consecutivas, com o vencimento da primeira em outubro de 2019, segundo o Ministério da Economia. 

De acordo com o Ministério da Economia, os custos variáveis de produção e o preço médio no Rio Grande do Sul (principal produtor de arroz do País) aumentou 25% entre as safras de 2012/13 a 2016/17 e as safras de 2017/18 a 2018/19, diminuindo a margem de lucro e comprometendo a capacidade dos produtores de pagar os financiamentos. 

* Com informações do Ministério da Economia