Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Conab negocia 7,4 mil contratos de opção de milho em leilão em Mato Grosso

Notícias

Conab negocia 7,4 mil contratos de opção de milho em leilão em Mato Grosso

Política agrícola

Empresa também realizou operações de PEP e Pepro para apoiar comercialização do grão no estado
publicado: 11/05/2017 16h14 última modificação: 11/05/2017 16h14

A Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), vinculada ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), realizou nesta quinta-feira (11) mais um leilão eletrônico de operações de apoio à comercialização de milho para produtores de Mato Grosso.  Foram ofertados e negociados 7.400 contratos de opção, totalizando 199.800 toneladas. O prêmio pago pelo produtor foi de R$ 1,10 por saca de 60 kg.

Já o leilão de Prêmio para o Escoamento (PEP) ofertou prêmio para o escoamento de 300 mil toneladas de milho nas regiões de Sorriso, de Sinop, de Campo Novo do Parecis e de Gaúcha do Norte. Foram vendidas 119.400 toneladas, totalizando R$ 7,293 milhões em prêmio pago ao produtor.

Também foram ofertadas 500 mil toneladas em Prêmio Equalizador Pago ao Produtor Rural (Pepro) nos mesmos municípios mato-grossenses. Foram vendidas 302.638 toneladas a R$ 20,257 milhões em prêmio pago ao produtor. No total, o governo ofertou 621.838 toneladas de milho. PEP e Pepro garantem o preço mínimo ao produtor de R$ 16,50 por saca.

Os leilões foram muito bem-sucedidos, de acordo com o secretário de Política Agrícola, Neri Geller. “O objetivo do governo é garantir renda ao produtor rural e também recompor os estoques públicos. Teremos R$ 500 milhões para PEP e Pepro, os mecanismos de sustentação de preço que vão garantir que a saca de milho não será vendida abaixo do preço mínimo.”

O 8º Levantamento de Safra divulgado nesta quinta-feira pela Conab estima que o Brasil vai colher uma safra recorde de 92,8 milhões de toneladas de milho este ano.

Mais informações à imprensa:
Coordenação-geral de Comunicação Social
imprensa@agricultura.gov.br