Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Comissão de Sementes do Mercosul debate equivalência de categorias

Notícias

Comissão de Sementes do Mercosul debate equivalência de categorias

Delegações dos países do Bloco estiveram reunidas no Espírito Santo
publicado: 30/09/2019 17h12 última modificação: 30/09/2019 17h12

Delegações da Argentina, Brasil, Paraguai e Uruguai estiveram reunidas na Superintendência Federal de Agricultura do Espírito Santo para as reuniões da Comissão de Sementes e do Grupo Ad Hoc de Batata-Semente do SGT n° 8 do Mercosul. O encontro foi promovido pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento.

“As reuniões têm por objetivo a harmonização de padrões, por meio da elaboração e alteração de resoluções normativas do Mercosul, para ampliar o comércio internacional de sementes e mudas entre os países do bloco”, explica a coordenadora-geral de Sementes, Mudas e Proteção de Cultivares da Secretaria de Defesa Agropecuária, Virgínia Carpi. Neste segundo semestre de 2019, o Brasil assumiu a presidência Pro Tempore do Mercosul, com a responsabilidade de coordenar as reuniões de suas comissões no âmbito de cada subgrupo de trabalho.

No encontro, a Comissão discutiu a revisão das equivalências de classes e categorias de sementes, a elaboração de um sistema de equivalência de categorias para batata-semente, e o uso de técnicas moleculares na identificação de cultivares. O grupo realizou também visitas técnicas a produtores de mudas de espécies frutíferas, como goiaba, citros e cacau, ornamentais, de café conilon e eucalipto.

A Delegação do Brasil apresentou ainda a metodologia utilizada para o processo de revisão, em andamento, do Decreto n° 5.153/2004, que regulamenta a Lei de Sementes e Mudas. Os Estados-Parte foram representados por auditores fiscais federais agropecuários do Mapa (Brasil), engenheiros agrônomos do Inase (Argentina), Dise/Senave (Paraguai) e Inase (Uruguai). As reuniões contaram ainda com a participação de especialistas em amostragem de batata-semente (Embrapa) e em análises moleculares (LFDA-GO/Mapa).

Informações à imprensa:
Coordenação-geral de Comunicação Social
imprensa@agricultura.gov.br