Você está aqui: Página Inicial > Notícias > CMN prorroga prazo para contratação de crédito para retenção de matrizes suínas

Notícias

CMN prorroga prazo para contratação de crédito para retenção de matrizes suínas

Medida beneficiará suinocultores não integrados a agroindústrias

Política agrícola
publicado: 26/08/2016 16h37 última modificação: 09/12/2016 11h05

O Conselho Monetário Nacional (CMN) prorrogou o prazo para a contratação de crédito de custeio para a retenção de matrizes suínas até 30 de junho de 2017.

A medida do CMN, tomada na reunião dessa quinta-feira (25), visa a amenizar os impactos do abate de matrizes suínas, especialmente no segmento dos criadores não integrados às agroindústrias.

O valor de financiamento para essa linha é de R$ 2,4 milhões por beneficiário e o prazo de reembolso é de até 2 anos.

O aumento do preço do milho, que compõe parte significativa do custo de produção de suínos e a consequente dificuldade de acesso ao produto no mercado interno, levaram o CMN a tomar a medida. A redução do volume previsto para a 2ª safra de milho também contribui para a decisão.

O resultado dessa situação é uma queda acentuada na relação entre o preço do suíno vivo e do milho, o que leva os produtores a elevar o abate de matrizes suínas, ocasionando maior oferta de carne.

Ajuste de norma para refinanciamento do PSI

Outra resolução aprovada no CMN estende às pessoas jurídicas – empresários individuais de responsabilidade limitada e sociedades empresárias – a possibilidade de refinanciamento de operações de crédito rural contratadas no Programa de Sustentação de Investimento (PSI). No modelo atual do PSI já estão incluídos os produtores rurais (pessoas físicas) e cooperativas de produção agropecuária.

Criado em 2009, o PSI financia a aquisição de bens de capital (máquinas e equipamentos usados na produção, inclusive rural), exportações e investimentos em inovação.
 
Confira aqui e aqui as resoluções do CMN:
 

Mais informações à imprensa:
Assessoria de comunicação social
Inez De Podestà
imprensa@agricultura.gov.br