Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Brasil avança em negociações para diversificar exportações ao Canadá

Notícias

Brasil avança em negociações para diversificar exportações ao Canadá

Internacional

Comitiva brasileira tratou da ampliação da pauta de comércio para incluir produtos de maior valor agregado
publicado: 04/05/2018 15h46 última modificação: 04/05/2018 16h21
Exibir carrossel de imagens Novacki no Pavilhão Brasil da feira com expositores e comitiva do Mapa

Novacki no Pavilhão Brasil da feira com expositores e comitiva do Mapa

O secretário executivo do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), Eumar Novacki, reuniu-se com o ministro parlamentar da Agricultura do Canadá, Jean-CLaude Poissant, nesta quarta-feira, (2), com o objetivo de obter avanços na pauta de exportações brasileiras. Novacki, que lidera missão brasileira ao país, também participou da abertura da Feira SIAL Canadá 2018 e da inauguração do Pavilhão Brasil na feira, que conta com 22 expositores nacionais.

A feira, realizada em Montreal, é o principal evento da indústria de alimentos canadense e porta de entrada para os produtos agropecuários do Brasil na América do Norte.

Na reunião com Poissant, Novacki conversou sobre o propósito de destravar negociações para ampliar as exportações e acelerar a análise canadense para abrir o mercado a produtos brasileiros, principalmente as carnes.

O Brasil negocia a liberação das exportações de carnes há alguns anos com o Canadá, o que deve avançar a partir desta missão, acredita o secretário executivo do Mapa. Questionamentos canadenses que estavam pendentes foram respondidos e a missão recebeu novas demandas das autoridades canadenses. Uma missão técnica canadense deverá ser enviada no segundo semestre deste ano, para avaliar o sistema de carnes bovinas e suínas brasileiras. O Brasil já exporta carne de frango para o Canadá.

A comitiva brasileira também participou de reunião com membros da agência de inspeção de alimentos canadense.

Feira

No Pavilhão Brasil, que foi destaque na mídia local, os expositores brasileiros ofereceram produtos com valor agregado, demonstrando o potencial que marcas nacionais têm para o exigente mercado canadense, que apresenta uma balança comercial equilibrada com o Brasil, tanto no setor agropecuário quanto na pauta de exportações como um todo. Há expectativa de ampliação das exportações de frutas, mel e própolis, entre outros produtos.

Segundo o diretor do Departamento de Negociações Não-Tarifárias do MAPA, Alexandre Pontes, que integra a missão, as negociações envolveram promoção comercial, remoção de barreiras, cooperação e atração de investimentos.

As próximas missões do MAPA são na feira SIAL Xangai, na China, e a reunião geral da Organização Mundial da Saúde Animal (OIE), em Paris, quando o Brasil receberá o certificado de país livre de aftosa com vacinação, além de Austrália e Nova Zelândia, que serão chefiadas pelo ministro Blairo Maggi. Novacki ainda irá a missões na Argélia, no Egito e nos Estados Unidos.

Para o presidente da câmara de comércio Brasil-Canadá, Paulo de Castro Reis, o apoio do governo brasileiro a eventos como esse é fundamental para que as empresas brasileiras tenham acesso a outros mercados. Reis lembra que “dirigentes de segmentos do agronegócio interessados no comércio com o Canadá podem procurar a Câmara de Comércio Brasil-Canadá pelo endereço na internet www.ccbc.org.br”.

 

Mais informações à imprensa:
Coordenação-geral de Comunicação Social
imprensa@agricultura.gov.br