Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Blairo Maggi defende maior participação dos BRICS no comércio agrícola global

Notícias

Blairo Maggi defende maior participação dos BRICS no comércio agrícola global

Internacional

Ministro da Agricultura vai reforçar posição ao discursar durante reunião do bloco, nesta sexta-feira (16), na China
publicado: 15/06/2017 15h48 última modificação: 15/06/2017 15h48

O ministro Blairo Maggi (Agricultura, Pecuária e Abastecimento) participa nesta sexta-feira (16), em Naquim, na China, da 7ª Reunião de Ministros dos BRICS, bloco formado por Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul. Ao discursar no evento, Blairo fará um panorama da agropecuária brasileira, destacando a qualidade de seus produtos, o compromisso dos seus produtores com a sustentabilidade ambiental e a segurança alimentar mundial e a importância de os países do bloco terem maior protagonismo no comércio internacional agrícola.

Paralelamente à reunião dos BRICS, o ministro terá encontros bilaterais com autoridades chinesas, indianas, sul-africanas e russas, além de representantes de organismos internacionais, para tratar de temas de interesse do agronegócio do Brasil.

Blairo lidera missão à China desde o último dia 10. Na capital Pequim, o ministro se reuniu com importadores chineses de soja e com empresários brasileiros que acompanham a delegação para tratar de assuntos relacionados ao comércio bilateral entre o Brasil e o país asiático.

Ele também participou de palestra no Rabobank sobre o mercado de proteína animal, quando foram apresentados dados sobre a participação brasileira nas compras chinesas de carnes. Do total de frango importado pela China, 82% são procedentes do Brasil. Já as importações chinesas de carne bovina brasileira representam 30% daquele mercado e as de suíno, 3,8% (previsão de 100 mil toneladas em 2017). Segundo Blairo, há um enorme potencial de crescimento para a venda de carne suína do Brasil para China.

Depois da reunião dos BRICS, o ministro visitará Hong Kong, onde terá audiência com o secretário para Alimentação e Saúde, Ko Wing-man.

Mais informações à imprensa:
Coordenação-geral de Comunicação Social
imprensa@agricultura.gov.br