Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Avanços na suinocultura são lembrados no Dia do Suinocultor

Notícias

Avanços na suinocultura são lembrados no Dia do Suinocultor

Gestação coletiva

Está aberta consulta pública para edição pelo Ministério da Agricultura de Instrução Normativa que visa proporcionar segurança jurídica aos produtores
publicado: 24/07/2018 17h13 última modificação: 24/07/2018 17h34
IN vai orientar o uso racional da fauna para um sistema de produção sustentável, preservando a saúde e bem-estar

IN vai orientar o uso racional da fauna para um sistema de produção sustentável, preservando a saúde e bem-estar

As quatro maiores empresas voltadas para a criação de suínos do Brasil, que representam 60% do rebanho nacional, estão comprometidas com a adoção de sistemas de gestação coletiva para suas matrizes até 2026, de acordo com informações do Departamento de Desenvolvimento das Cadeias Produtivas e da Produção Sustentável do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa).

No Mapa, o objetivo de estabelecer as boas práticas de manejo nas granjas de suínos de criação comercial foi definido na Portaria 195, publicada no último dia 10, que determinou a abertura de consulta pública para obter sugestões de aprimoramento das normas vigentes. De acordo com a portaria, a finalidade é orientar o uso racional da fauna para um sistema de produção sustentável, preservando a saúde e bem-estar. A consulta pública foi aberta pelo prazo de noventa dias, devendo contribuir para a edição de instrução normativa do ministério.

A normatização visa garantir segurança jurídica aos produtores e o alinhamento da suinocultura às demandas dos mercados. Todas as diretrizes têm como objetivo a melhoria do gerenciamento das granjas. A proposta de IN prevê prazo de até 20 anos para a alteração do sistema de gaiolas de gestação para a gestação coletiva das matrizes.

A Organização Mundial de Saúde Animal (OIE) vai publicar nova diretriz sobre bem-estar para produção de suínos, aprovado em maio deste ano na Assembleia Geral de Delegados.

O Brasil é o quarto maior produtor e exportador de suínos do mundo. A suinocultura emprega 126 mil pessoas de forma direta e 923 mil de forma indireta, gera R$ 17,6 bilhões em impostos, sendo que a cadeia produtiva como um todo movimenta quase R$ 150 bilhões por ano.

Cooperação
O Mapa e a Associação Brasileira de Criadores de Suínos (ABCS) formalizaram parceria de cooperação técnica em 2014 para promover a sustentabilidade da cadeia produtiva, e em conjunto com a Embrapa Suínos e Aves, foram realizados eventos nos principais encontros técnicos da cadeia produtiva. Foram capacitados mais de 9 mil produtores, agroindústrias e cooperativas em todo o Brasil e publicados materiais orientativos, disponibilizados gratuitamente nos treinamentos, e por meio da página eletrônica do Ministério.

Nesta terça-feira (24) é comemorado o Dia do Suinocultor.

Mais informações à Imprensa:
Coordenação-geral de Comunicação Social
imprensa@agricultura.gov.br