Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Aplicativo para a comercialização de alimentos foi lançado em fórum de inovação no Rio Grande do Norte

Notícias

Aplicativo para a comercialização de alimentos foi lançado em fórum de inovação no Rio Grande do Norte

Fórum em Natal

A lei de segurança alimentar foi tratada no evento, que também contou com ferramenta eletrônica usada em planejamento para fazer diagnóstico do setor no estado
publicado: 19/07/2019 13h04 última modificação: 19/07/2019 14h41
Fórum reuniu cerca de 200 participantes

Fórum reuniu cerca de 200 participantes

Um aplicativo destinado à rastreabilidade na comercialização de produtos agricultura familiar, o Prorace, foi destaque no Fórum de Inovação para a Agropecuária do Rio Grande do Norte, realizado nesta semana, em Natal. Voltado para a comercialização direta de produtos agropecuários com as redes de supermercados e revendas agrícolas, “o aplicativo evita a ação de intermediários”, conforme observou o superintendente federal de Agricultura no estado, Roberto Carlos Papa. 

Apelidada de “Uber da comercialização agrícola”, a ferramenta foi apresentada pela Superintendência do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento e desenvolvida em parceria com o Sebrae (RN) e com o Centro Estadual de Comercialização da Agricultura Familiar e Economia Solidária (Cecafes).

Segurança alimentar

Foi discutida no evento a Lei de Modernização da Segurança de Alimentos dos Estados Unidos, que entrou em vigor no ano passado no país, especificamente na parte que trata do cultivo de alimentos, colheita e processamento. Os participantes receberam material didático e certificado pela Universidade de Cornell.

Nos trabalhos de grupo do fórum, foi utilizada a ferramenta conhecida como Canvas (usada em planejamento com as principais informações sobre um projeto). De acordo com o superintendente, o seu uso permitiu registrar eletronicamente em pouco tempo gargalos e propostas de soluções para os negócios do setor agropecuário.

Para o coordenador-geral de Articulação para a Inovação do Mapa, Benedito João Gai Neto, “o diagnóstico regional levantado no fórum contribui na criação de políticas públicas e também como pauta para o grande fórum brasileiro de inovação, a ser realizado no primeiro semestre do próximo ano, que terá a presença de ministros de agricultura de diversos países”.

Segundo o coordenador “o fórum de Natal também servirá de modelo para os demais 47 a serem realizados pelo país ainda neste ano. No primeiro fórum, realizado em Carambeí, na região de Ponta Grossa (PR), foi utilizado o sistema de “post-it” (papeizinhos de anotações) levando dias para as conclusões. Aqui, se inovou com a ferramenta de gestão de projeto, chegando ao diagnóstico em apenas um dia, com formatação e apresentação de propostas. Isso deverá se repetir, inclusive para o de Cascavel, também no Paraná, no próximo mês.”

Participaram produtores rurais, empresários, técnicos, especialistas e consultores da atividade agropecuária no fórum, que é promovido pela Secretaria da Inovação, Desenvolvimento Rural e Irrigação do Mapa, junto com a Superintendência Federal de Agricultura do estado em parceria com o Banco do Nordeste.

Houve palestras sobre pecuária, agricultura, agroindústria da cana-de-açúcar, pesca e carcinicultura, aquicultura e biomas, turismo rural e outros. Houve rodadas de debates técnicos sobre comércio internacional, políticas públicas, máquinas e equipamentos, tecnologia da informação, universidades, inspeção sanitária, fiscalização ambiental, matriz energética, logística, crédito, assessoria jurídica e cooperativismo.

Mais informações à imprensa:
Nicolau F de Souza - SFA/RN/Mapa
Coordenação-geral de Comunicação Social
imprensa@agricultura.gov.br