Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Alemanha quer intensificar cooperação na área de bioeconomia

Notícias

Alemanha quer intensificar cooperação na área de bioeconomia

Tecnologia

Diretor do Ministério da Agricultura da Alemanha, Clemens Neumann demonstrou interesse em biorreatores, reprodução vegetal e animal assistida, biotecnologia florestal, banco de sementes, plantas resistentes e transgênicos
publicado: 15/05/2017 16h33 última modificação: 15/05/2017 16h34
Equipe de Neumann foi recebida no Mapa por Pontes, acompanhado de técnicos

Equipe de Neumann foi recebida no Mapa por Pontes, acompanhado de técnicos

O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) vai intensificar a cooperação com a Alemanha nas áreas de bioeconomia e sustentabilidade. Na manhã desta segunda-feira (15), o secretário substituto de Relações Internacionais do Agronegócio do ministério, Alexandre Pontes, esteve reunido no Mapa com o diretor geral de bioeconomia e sustentabilidade do ministério da Agricultura da Alemanha, Clemens Neumann, técnicos alemães e do governo brasileiro.

As áreas de interesse dos alemães são o melhoramento genético, ações para mitigação das mudanças climáticas, sistema de integração lavoura, pecuária e floresta (ILPF), controle biológico de pragas, agricultura de baixo carbono, entre outros.

As novas fronteiras de crescimento mundial da bioeconomia para o agronegócio são os biorreatores; a reprodução vegetal e animal assistida; biotecnologia florestal; coleta e conservação de germoplasma (banco de sementes), plantas resistentes e transgênicos.

A bioeconomia é voltada ao cruzamento e melhoramento de plantas e animais, produção de combustíveis renováveis e alimentos funcionais. O Brasil está na vanguarda da bioeconomia porque tem a maior biodiversidade do planeta; os menores custos na produção de biomassa, principalmente de cana-de-açúcar; e agricultura tropical avançada, baseada na aplicação da ciência e da tecnologia

Mais informações à imprensa:
Coordenação-geral de Comunicação Social
imprensa@agricultura.gov.br