É necessário utilizar um navegador com suporte a javascript para poder navegar em algumas funcionalidades do portal.

MINISTÉRIO DA AGRICULTURA 

Enter your user name and password to login.
User Name
Password

Página Inicial > Cooperativismo e Associativismo > Notícias > Noticia Aberta

Notícias


15/12/2016 18:54 Comércio Exterior

Carga embarcada após instalação do Operador Econômico vai para os EUA

Sistema OEA torna mais rápidas operações de comércio exterior, com economia de 72 horas para o exportador

Registro de embarque após instalado o Operador Econômico Autorizado (Carlos Silva/Mapa)

O  ministro Blairo Maggi (Agricultura, Pecuária e Abastecimento) lacrou, nesta quinta-feira (15), em Chapecó (SC), a primeira carga exportada depois de instalado o projeto piloto de Operador Econômico Autorizado com a Receita Federal. A exportação já atende as normas do Canal Azul (Sistema de Informações Gerenciais do Trânsito Internacional de Produtos e Insumos Agropecuários).

A carga é da Aurora Alimentos e vai para aos Estados Unidos. A operação de exportação direta, sem a necessidade de reinspeção no porto, credencia a Aurora a fazer parte do Operador Econômico Autorizado (OEA), programa que busca tornar ainda mais ágeis os procedimentos aduaneiros.

Lançado em 2015, o Canal Azul moderniza o controle oficial do comércio exterior e proporciona economia de 72 horas para o exportador. O sistema é um processo eletrônico de exportação e de importação de mercadorias agropecuárias, que reduz a quantidade de documentos exigidos para os embarques. Na prática, moderniza a logística da cadeia de carnes.

O Canal Azul abre caminho para o programa OEA, que consiste na certificação de empresas que representam baixo risco em suas operações, em termos de segurança física da carga e em relação ao cumprimento das obrigações aduaneiras. O OEA garante agilidade e segurança física e jurídica dos produtos.

Essa é uma das medidas adotadas pelo governo para estimular empresários a vender mais e conseguir atingir a meta de chegar a 10% do mercado agrícola mundial em cinco anos, disse o ministro Blairo Maggi. Hoje a participação brasileira é de 6,9%.

Foi assinado durante a visita ao município, protocolo entre o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) a Associação Brasileira das Indústrias Exportadoras de Carne (Abiec) , a Associação Brasileira de Proteína Anima (ABPA) e a Associação Brasileira de Frigoríficos (Abrafrigo). A finalidade é viabilizar o projeto piloto do programa Operador Econômico Autorizado (OEA). O projeto estabelece o projeto piloto nas empresas Aurora Alimentos, de Chapecó, na BRF, situada em Capinzal (SC) e na JBS situada em Lins (SP).

Agência do produtor

O governador de Santa Catarina, Raimundo Colombo, disse que o Brasil tem muitos problemas, mas que é preciso reconhecer as coisas boas no país e que o agronegócio é um deles.
O ministro esteve com o vice-presidente de agronegócios do Banco do Brasil,  Tarcísio Hubner, em uma agência voltada para atender ao produtor rural, que servirá como modelo no país.

Em reunião com o ministro, dirigentes da Federação das Indústrias de Santa Catarina (Fiesc) entregaram documento com reivindicações, entre as quais um programa de comercialização de grãos para o mercado interno e repasses aos estados e municípios para garantir  as atividades de defesa e status sanitário.

Mais informações à imprensa:
Coordenação-geral de Comunicação Social
imprensa@agricultura.gov.br
 


Palavras chave: Operador Econômico Autorizado OEA Blairo Maggi Aurora Alimentos EUA Canal Azul Raimundo Colombo Fiesc Banco do Brasil Tarcísio Hubner


Últimas Notícias

Setor Pesqueiro 13/01/2017 15:13 Mapa concede Autorização Temporária de Pesca a embarcações e pescadores
VBP 13/01/2017 11:27 Valor da Produção de 2016 fecha em R$ 527,9 bilhões
Conservação 11/01/2017 14:56 Embrapa publica inventário de recursos genéticos animais
Defensivos 10/01/2017 11:18 Mapa altera registros de agrotóxicos destinados às pragas do trigo e da cevada
Santa Catarina 09/01/2017 18:22 Pesca é alternativa para maior participação no agro mundial


Atendimento ao Agricultor 0800 704 1995

Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento
Esplanada dos Ministérios - Bloco D - Brasília/DF - CEP: 70.043-900 - Fone: (61)3218-2828