É necessário utilizar um navegador com suporte a javascript para poder navegar em algumas funcionalidades do portal.

MINISTÉRIO DA AGRICULTURA 

Enter your user name and password to login.
User Name
Password

Página Inicial > Cooperativismo e Associativismo > Notícias > Noticia Aberta

Notícias


09/09/2016 18:50 Apoio aos produtores

Ministro interino garante programa que visa a oferecer assistência técnica

Numa primeira etapa, investimento em cooperativismo e associativismo no Paraná soma R$ 650 mil

O ministro interino Eumar Novacki (Agricultura, Pecuária e Abastecimento) anunciou, nesta sexta-feira (9), em Cascavel, no Paraná, a ampliação do Programa Produção Integrada de Sistemas Agropecuários em Cooperativismo e Associativismo Rural (Pisacoop). O programa irá beneficiar 50 produtores rurais no estado, por meio de assistência técnica especializada, com foco em cooperativismo e associativismo.  


Novacki: estímulo para acesso dos pequenos produtores ao mercado (Divulgação/Mapa)

“Queremos estimular esse setor em todo país para o que o pequeno produtor acesse o mercado. O nosso desejo é fazer com que todos cresçam”, afirmou Novacki. Nessa primeira etapa, o investimento é de cerca de R$ 650 mil, para um período de um ano, para o desenvolvimento de um sistema agropecuário econômico e sustentável.

Novacki destacou que o projeto tem como base de sustentação a indicação geográfica de produtos, a infraestrutura, a logística e o Sistema de Integração Lavoura-Pecuária-Floresta (ILPF), entre outras áreas.
 

O programa tem como meta reduzir os custos de produção, aumentar a produtividade e a lucratividade e agregar valor aos produtos. Segundo o diretor de Departamento de Desenvolvimento das Cadeias Produtivas e da Produção Sustentável do Ministério, Pedro Alves Corrêa Neto, outro objetivo é preparar a sucessão familiar. “Muitas vezes a pequena propriedade não é vista como uma empresa e, por isso, os filhos do produtor não mantêm a atividade”.

Agro+

Além da ampliação do Pisacoop, o ministro interino apresentou aos produtores da região o programa Agro+, lançado no final de agosto, que tem como objetivo principal a desburocratização e modernização dos procedimentos internos do Ministério. Novacki pediu que os gargalos burocráticos identificados pelos produtores sejam encaminhados à pasta.
 

O Plano Agro+ tenta resolver os entraves da burocracia apresentados pelo próprio setor produtivo. Na primeira etapa, foram solucionados 69 pontos que, de acordo com cálculos da Confederação Nacional da Agricultura (CNA), representarão uma economia de mais de R$ 1 bilhão por ano. “Esse dinheiro sairá da mão da ineficiência para a mão da eficiência, gerando mais emprego e renda para o produtor”, afirma Novacki, coordenador do Grupo de Trabalho que criou o Agro+.
 

Mais informações à imprensa:
Assessoria de comunicação social
imprensa@agricultura.gov.br
 


Palavra chave: Pisacooop Paraná ministro interino cooperativismo associativismo


Últimas Notícias

Setor Pesqueiro 13/01/2017 15:13 Mapa concede Autorização Temporária de Pesca a embarcações e pescadores
VBP 13/01/2017 11:27 Valor da Produção de 2016 fecha em R$ 527,9 bilhões
Conservação 11/01/2017 14:56 Embrapa publica inventário de recursos genéticos animais
Defensivos 10/01/2017 11:18 Mapa altera registros de agrotóxicos destinados às pragas do trigo e da cevada
Santa Catarina 09/01/2017 18:22 Pesca é alternativa para maior participação no agro mundial


Atendimento ao Agricultor 0800 704 1995

Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento
Esplanada dos Ministérios - Bloco D - Brasília/DF - CEP: 70.043-900 - Fone: (61)3218-2828