Você está aqui: Página Inicial > Assuntos > Sustentabilidade > Bem-estar Animal > Linhas de Crédito

Linhas de Crédito

publicado 28/11/2016 16h07, última modificação 30/11/2016 17h02
Para auxiliar os produtores rurais (pessoas físicas ou jurídicas) e cooperativas a adequar seus sistemas produtivos, para atendimento as boas práticas agropecuárias e bem-estar animal, está disponível a linha de crédito da INOVAGRO com aporte de 1.4 bilhão de reais.
 
 
 
É possível financiar até 100% do projeto, incluindo os profissionais para consultoria e elaboração do próprio projeto. Está estabelecido o limite de R$ 1.000.000,00 (um milhão de reais) por beneficiário, no caso de projetos particulares, ou R$ 3.000.000,00 (três milhões de reais) para projetos coletivos. Os juros são subsidiados a 7,5 % a.a, com recursos do BNDES, com carência de 3 anos e prazo de pagamento de 10 anos.
 
Os itens financiáveis são:
 
I - aquisição, implantação e recuperação de equipamentos e instalações para proteção de cultivos inerentes ao segmento da olericultura, fruticultura, floricultura e cafeicultura; (Res 4.227 art 7º)
 
II - serviços de agricultura de precisão, desde o planejamento inicial da amostragem do solo à geração dos mapas de aplicação de fertilizantes e corretivos; (Res 4.227 art 7º)
 
III - automação e adequação de instalações para os segmentos de avicultura, suinocultura e pecuária de leite, inclusive a aquisição integrada ou isolada de máquinas e equipamentos para essa finalidade; (Res 4.286 art 4º)
 
IV - programas de computadores para gestão, monitoramento ou automação; (Res 4.227 art 7º)
 
V - consultorias para a formação e capacitação técnica e gerencial das atividades produtivas implementadas na propriedade rural; (Res 4.227 art 7º)
 
VI - aquisição de material genético (sêmen, embriões e oócitos), provenientes de doadores com certificado de registro e avaliação de desempenho ou, alternativamente, para pecuária de corte, o certificado especial de identificação de produção-CEIP; (Res 4.227 art 7º)
 
VII - itens que estejam em conformidade com os Sistemas de Produção Integrada Agropecuária PI-Brasil e Bem-Estar Animal, e aos Programas Alimento Seguro das diversas cadeias produtivas e Boas Práticas Agropecuárias da Bovinocultura de Corte e Leite, observado o disposto no inciso X quando o projeto incluir financiamento de animais; (Res 4.286 art 4º)
 
VIII - itens ou produtos desenvolvidos no âmbito do Programa de Inovação Tecnológica (Inova-Empresa); (Res 4.227 art 7º)
 
IX - assistência técnica necessária para a elaboração, implantação, acompanhamento e execução do projeto, limitada a 4% (quatro por cento) do valor total do financiamento; (Res 4.227 art 7º)
 
X - custeio associado ao projeto de investimento e aquisição de matrizes e reprodutores, com certificado de registro genealógico, emitido por associações de criadores autorizados pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), e avaliação de desempenho, observado o limite estabelecido na alínea “d”; (Res 4.286 art 4º)
 
Com relação ao item VII, é possível financiar:
 
a) construção, adequação e manutenção de instalações para manejo de animais, tais como: currais, cercas, bretes, cochos, embarcadores, bebedouros, pisos, baias, área de descanso dos animais e outros;
 
b) aquisição e instalação de equipamentos para captação, distribuição e tratamento de água para os animais, incluindo poços artesianos;
 
c) aquisição e instalação de sistemas de irrigação para forrageiras;
 
d) aquisição de equipamentos de identificação de animais, tais como: microchip, brinco e outros;
 
e) adequação do ambiente térmico das instalações, tais como: sistema de ventilação forçada ou ar-condicionado, proteção contra a radiação solar direta, barreira quebra-ventos e outros itens relacionados ao bem-estar animal;
 
f) tanques de expansão, ordenhadeiras, sistema de automação de ordenha, medidores e analisadores de leite integrados, incluindo “robô” para ordenha voluntária;
 
g) energizador, arame, postes, conectores, hastes de aterramento, esticadores, portões e demais acessórios para instalação de cercas elétricas;
 
h) misturadores, inclusive vagões misturadores, e distribuidores de ração, balanças e silos de armazenagem de ração;
 
i) tratores, equipamentos e implementos agrícolas para produção, colheita e armazenagem de forragem, no limite de 30% (trinta por cento) do valor financiado;
 
j) insensibilizadores portáteis para abate emergencial nas fazendas;
 
k) computadores e softwares para controle zootécnico e gestão da propriedade;
 
l) aquisição de botijões para armazenagem de material genético animal;
 
m) instalações e equipamentos para laboratórios de análises de qualidade do leite;
 
n) aquisição de geradores de energia elétrica, cuja capacidade seja compatível com a demanda de energia da atividade produtiva;
 
o) equipamentos veterinários;
 
p) adequação ou regularização das propriedades rurais frente à legislação ambiental;
 
q) construção, adequação e manutenção de instalações utilizadas na atividade produtiva, tais como: pátios de compostagem, galpões para máquinas e equipamentos, instalações para armazenamento de insumos, instalações para lavagem, classificações, processamento e embalagem de produtos vegetais;
 
r) aquisição e instalação de câmara fria para produtos agrícolas;
 
s) computadores, equipamentos e softwares para gestão, monitoramento ou automação, abrangendo gestão da produção agrícola, gestão da propriedade, registro e controle das operações agrícolas, monitoramento de pragas, monitoramento do clima, rastreabilidade, automação de sistemas de irrigação, automação de cultivo protegido;
 
t) estações meteorológicas;
 
u) conservação de solo e água;
 
v) equipamentos para monitoramento de pragas;
 
w) aquisição de material genético e de propagação de plantas perenes;
 
x) equipamentos e kits para análises de solo.
 
 
Com o INOVAGRO é possível construir e adequar sistemas produtivos para atender o bem-estar dos animais como sistemas pastoris ou agro-silvo-pastoris, suinocultura com gestação das matrizes em grupo e produção de ovos em gaiolas abertas ou free-range (galinhas com acesso a locais abertos).
 
Mesmo para os sistemas de produção convencionais é possível utilizar a linha de crédito com o objetivo de melhorar a condição de bem-estar dos animais, como aquisição de equipamentos para garantia do conforto térmico dos animais em confinamento, melhoria das estruturas de manejo e contenção dos animais, entre outros.
 
Treinamentos para capacitação em manejo racional e contratação de consultores para capacitações e implantação de sistemas modernos de gerenciamento da propriedade também estão previstos.
 
Para acessar o financiamento o produtor ou cooperativa deve dirigir-se ao banco de sua preferência para obter informações sobre os procedimentos necessários e solicitar o crédito rural do Programa INOVAGRO.
 
Em caso de dúvidas contate os membros Comissão de Bem-Estar Animal ou a Secretaria de Política Agrícola.
registrado em: