Você está aqui: Página Inicial > Assuntos > Insumos Agropecuários > Insumos Pecuários > Programas Especiais > Resistência Antimicrobianos > Uso responsável e prudente de antimicrobianos

Uso responsável e prudente de antimicrobianos

publicado 14/05/2018 16h23, última modificação 07/11/2019 11h00

O uso responsável e prudente dos antibióticos em animais é essencial para o controle e prevenção da resistência aos antibióticos, promovendo a saúde e o bem-estar dos animais.

Preocupado com possíveis impactos à saúde humana, quanto ao desenvolvimento da resistência aos antimicrobianos, e baseado nas recomendações dos organismos internacionais de referência para ao uso racional de antimicrobianos em animais, o MAPA, por meio do DSA/SDA, restringiu a autorização de diversos antimicrobianos com finalidade de aditivo melhorador de desempenho. Desta forma, foram proibidos no Brasil, desde 1998, as classes e/ou substâncias antimicrobianas avoparcina, anfenicóis, tetraciclinas, penicilinas, cefalosporinas, quinolonas, sulfonamidas, eritromicina, espiramicina e, mais recentemente, a colistina.

Acesse aqui a lista aditivos proibidos

Campanha uso racional - indústria

Campanha uso racional - precisamos de você

Campanha uso racional - regra 5 "somentes"

Campanha uso racional - uso com prescrição

Campanha uso racional - veterinários

 

oie
Para mais informações, acesse também o site da ORGANIZAÇÃO DE SAÚDE ANIMAL - OIE em espanhol.